Viúvo pede almoço em lanchonete – olha para a nota de 1 dólar que a caixa lhe entrega e sente o sangue gelar

Há momentos na vida que são tão espetacularmente improváveis que nos deixam sem palavras.

São experiências como essas que levam muitas pessoas a acreditar que existe um “ser superior” cuidando de todos nós.

Eu ainda estou não estou completamente convencido da existência de Deus, mas a história de Peter Bilello certamente fez com que eu me questionasse.

Nascido na Sicília, Peter mudou-se para os EUA no início dos anos 1960, quando era um menino…

Mesmo tendo se mudado, ele costumava voltar para casa para visitar seus pais. Numa dessas viagens, sua mãe o apresentou a uma bela jovem que ele reconheceu como sua alma gêmea.

Peter decidiu que ela era a pessoa certa para ele. O casal se casou e voltou para os Estados Unidos, se estabelecendo em Harford, no estado de Connecticut.

Eles tiveram dois filhos e quatro netos e, no geral, uma vida feliz.

Para simbolizar o amor imortal um pelo outro, Peter sugeriu que ambos assinassem notas de um dólar e as mantivessem juntas dentro da carteira para sempre.

Peter disse à WTNH News: “Guardei as notas na minha carteira e disse: ‘Esses dólares vão ficar na minha carteira para sempre’”.

Infelizmente, no entanto, cinco anos depois, ele gastou as contas por acidente. “Eu tive tanta raiva… E imaginei que nunca mais veria aqueles dois dólares de novo’”, explicou ele.

Peter e Grace celebraram seu 50º aniversário de casamento com família e amigos. Infelizmente, porém, Grace faleceu alguns meses depois, deixando Peter de coração partido.

Então, algo mágico aconteceu sete meses depois. Para ele, foi um sinal de que Grace ainda estava lá; ainda olhando por ele.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *