Transtorno de dependência de tela: ameaça real que está danificando o cérebro de seu filho

– Sintomas de abstinência

– Desorganização e indiferença crescente em relação às outras atividades

– Não reduzir ou interromper as atividades da tela

– Continuar dependente apesar das consequências negativas

– Mentir sobre a extensão do uso

– Usar como escape para as adversidades da vida

Além dos sintomas, os dados do transtorno também são preocupantes.

De acordo com um estudo de 2015 publicado na Behavioral Sciences, cerca de 12% dos jovens adolescentes americanos são “videogamers patológicos”.

Jogar games eletrônicos não envolve substâncias químicas, mas certamente leva ao desenvolvimento de sintomas semelhantes aos do vício.

A especialista em Vida Familiar e Desenvolvimento Infantil e Educadora da Primeira Infância, Claudette Avelino-Tandoc, explica que o transtorno de dependência de tela causa insônia.

Dor nas costas, flutuação de peso, problemas de visão, dor de cabeça, ansiedade, desonestidade, sentimentos de culpa e solidão.

Os sintomas mais graves incluem danos cerebrais: os cientistas descobriram que o uso excessivo de telas e o transtorno de dependência de tela são responsáveis ​​pelo encolhimento do cérebro das crianças.

Incrivelmente as crianças perdem tecido no lobo frontal, estriado e ínsula

Essas partes do cérebro são responsáveis ​​pelo planejamento, organização, supressão de impulsos socialmente inaceitáveis ​​e capacidade de desencadear compaixão e empatia.

Se você tem filhos que sofrem de transtorno de dependência de tela, veja o que deve fazer para ajudá-los:

– Filhos de 0 a 18 meses

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
2 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *