Simples técnica japonesa para acalmar e eliminar o estresse

Simples técnica japonesa para acalmar e eliminar o estresse

Mesmo com todos os desenvolvimentos surpreendentes da ciência nos últimos anos, isso ainda é muito pouco em comparação com a experiência e a sabedoria adquirida ao longo de milhares de anos de história.

Para entender o que estamos dizendo, basta voltar-se para o Oriente.

Neste caso, em particular, nós estamos olhando para um remédio fascinante que vem da antiga arte japonesa conhecida como Jin Shin Jyutsy.

Este é um tratamento que é capaz de equilibrar as emoções simplesmente estimulando certas partes das mãos.

Intrigante?

Então continue lendo esta reportagem especial e muito útil.

COMO FUNCIONA

O nome da técnica é uma homenagem ao seu criador, o filósofo Jin Shin Jyutsu.

Segundo a teoria de Jin Shin Jyutsu, cada um dos dedos está relacionado a um órgão e a partes do corpo.

Ao mesmo tempo, ela entende que cada um dos órgãos está ligado a certas emoções.

Por esta teoria, você pode controlar a saúde dos seus órgãos e as emoções através da manipulação de suas mãos.

É possível aplicar a técnica em qualquer lugar.

Você só precisa segurar os dedos e esperar pulsar.

Pode fazer em si mesmo ou aplicar a técnica em alguém.

Comece pegando os dedos da mão esquerda (ver imagens abaixo).

A intensidade do toque é firme e delicada.

Imagine que você está segurando um passarinho.

Não aperte.

Depois que começar a pulsar, espere uns 3 minutos e então mude de dedo.

Abaixo, um guia rápido do papel dos dedos e de suas relações com órgãos e emoções.

1. Polegar

Órgãos: baço, estômago e pâncreas.

Emoções: depressão, ansiedade.

Sintomas: nervosismo, dor abdominal, dores de cabeça, problemas de pele.

Ações: melhora a digestão de alimentos, ideias, pensamentos e emoções.

Ajuda a dormir melhor e nos torna receptivos ao toque e carinho.

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *