Sabrina Sato exigiu fazer parto humanizado e médicos precisaram intervir

Sabrina Sato não queria de jeito nenhum um parto que fosse diferente do humanizado. No entanto, os médicos precisaram intervir e, após mais de 24 horas em trabalho de parto, ela acabou tendo que dar o braço a torcer e se submeteu, na tarde desta quinta-feira (29), à uma cesárea.

A japa está internada na Maternidade Pro Matre Paulista, em São Paulo, e segundo a sua mãe, a entrada no centro cirúrgico aconteceu por volta das 15h. Ela não conseguiu a dilatação suficiente para que o nascimento fosse por meio do parto normal, sem conseguir passar a cabeça da criança.

A japa está internada na Maternidade Pro Matre Paulista, em São Paulo, e segundo a sua mãe, a entrada no centro cirúrgico aconteceu por volta das 15h. Ela não conseguiu a dilatação suficiente para que o nascimento fosse por meio do parto normal, sem conseguir passar a cabeça da criança.

Desde então, sua mãe, Dona Kika, e a mãe de Duda Nagle, Leda Nagle, se mostraram apreensivas no local. “Estou muito nervosa. Estamos todos ansiosos. Eu também nunca vi a Sabrina tão nervosa e tensa como vi hoje. O Duda está muito tenso, fica feliz, fica nervoso. Está ao lado dela. Vai estrear como pai”, disse a mãe.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *