Remédios caseiros para micose nas unhas

Ela é mais frequente nos dedos dos pés, mas também pode aparecer nas mãos. Além de ser antiestético e de não ficar nada bem, é preciso tratá-la para que você goze de uma perfeita saúde.

Se você tem unha amareladas, esverdeadas ou amarronzada, não hesite em dar uma olhada nestes remédios caseiros para eliminar a micose.

Características da micose de unha

Em termos médicos, denomina-se onicomicose, mas popularmente são chamadas de “Micose de unha”. É algo muito frequente, sobretudo nos homens e em seus polegares dos pés. Porém, também podem aparecer nas mãos. Neste caso, as mulheres são as mais afetadas.

Se apenas uma unha for infectada pela micose, esta poderá se propagar para as demais unhas sem problemas, mas sempre do mesmo membro.

Isto é, entre as unhas do mesmo pé ou da mesma mão, mas também podem passar de uma mão para outra ou de um pé para o outro. Porém, são muito raras as ocasiões nas quais, tendo-se micose nos pés, a mesma passe para as mãos.

Geralmente, a micose é causada por fatores relacionados ao ambiente, como umidade e altas temperaturas, caso use calçado fechado por muitas horas durante o dia, passe muito tempo na piscina etc.

Esta enfermidade tende a acometer pessoas que passam muito tempo em contato com a água, lavando pratos, limpando a casa, adultos maiores de 60 anos que sofrem de diabetes, problemas circulatórios ou com o sistema imunológico debilitado.

A partir do momento em que a micose atinge a unha, esta se torna mais grossa e começa a se tornar amarelada.

Em alguns casos, adquire tons de cinza, verde, marrom e preto. À medida que a infecção for progredindo, ela começará a invadir outras partes da unha.

A qual descascará, podendo até cair. Debaixo da unha, a pele se tornará vermelha, inchada e com sensação de prurido.

No caso especifico da micose nas unhas das mãos, estas se tornarão amarelas ou marrons, rachadas, quebradiças e fracas. Não têm força suficiente para crescerem e podem até cair, causando na pele os mesmos efeitos da micose nos pés.

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *