Programas científicos que marcaram a infância na TV

Toda criança passa por aquela “fase dos porquês”, questionando absolutamente tudo ao seu redor. Com isso, é comum que pais tenham que responder perguntas constrangedoras, como, por exemplo, a fatídica “como os bebês nascem?”.

Mas é justamente nesse período em que muitas crianças começam a perguntar “por que o céu é azul?” ou “por que o Sol vai embora?”.

E, ajudando os pais nessa missão nada fácil de ensinar o mundo a seus filhos, muitos programas de televisão fazem o papel de verdadeiros professores de ciência.

Confira logo abaixo alguns programas científicos que, provavelmente, devem ter marcado a sua infância na Televisão.

X-Tudo (1992-2002)

Exibido pela TV Cultura, X-Tudo é um verdadeiro clássico nacional.

A ideia ali era ensinar ciência, literatura e cultura geral de um jeito descontraído, e os pequenos telespectadores aprendiam muita coisa sem sentir que estavam em uma sala de aula digital.

No início, quem apresentava o programa era o ator Gerson de Abreu, ao lado do boneco X, e Marcelo Mansfield tinha um quadro específico de curiosidades científicas.

Em 1994, quem assumiu a “classe” foi o humorista Márcio Ribeiro (ambos já falecidos hoje em dia, mas fica aqui o in memorian por esses dois ícones da televisão brasileira).

O X-Tudo era tão legal que, em 1995, ganhou o prêmio “O Magnífico” da Câmara Municipal de São Paulo.

Suas charadas e ensinamentos marcaram as crianças de sua geração, ainda que muitas delas não tenham conseguido aprender a cozinhar com as dicas do programa. Agradecemos pelo esforço, X-Tudo, de qualquer forma!

O Professor (1992-1994)

A TV Cultura levava a sério sua missão educativa, e, com O Professor, o público infanto-juvenil absorvia conhecimentos de física e química nos moldes de O Mundo de Beakman, mas before it was cool.

O programa era apresentado pelo professor de física Antonio Sadao Mori, que recebia alunos em sua casa para fazer experimentos diversos, incluindo o uso de tecnologias modernas para a época, como computação gráfica em um Macintosh.

Com O Professor, dava para enxergar o mundo da física e da química com um outro olhar, muito diferente daquela coisa teórica e maçante ensinada nas salas de aula da escola tradicional. Valeu, Professor!

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *