Pedras na amígdala: oito sinais de alerta que você nunca deve ignorar

Todo mundo fica com dor de garganta de vez em quando – mas a maioria das pessoas não pensa muito sobre o que as causa. Há alguns anos, um amigo meu estava doente.

Ela foi a uma clínica e disseram que tinha uma dor de garganta.

Mas depois de alguns dias, os sintomas persistiram. Juntos, começamos a pesquisar as possíveis causas, e foi quando eu ouvi falar de tonsilólitos, ou pedras da amígdala.

Mesmo depois que meu amigo melhorou (ele teve sorte de não ser nada grave), a questão me fez pensar. O que são as pedras de amígdala – e o que você deve fazer se sofre com elas?

Minha esperança é que este artigo ajude alguém que tenha tonsilólitos, mas que não sabe o que são.

Dê uma olhada na informação abaixo, e não se esqueça de compartilhá-la com seus amigos no Facebook!

O que são tonsilólitos?

Na parte de trás da faringe, entre os arcos palatais, estão as amígdalas.

Elas têm pequenos recessos onde, por exemplo, o muco, a bactéria da boca e os glóbulos brancos mortos às vezes ficam presos.

Eventualmente, esses detritos podem formar pedras pequenas e duras – e estas são conhecidas como tonsilólitos, ou pedras da amígdala.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *