O que são afinal os “cravos” que temos na pele? São aracnídeos de oito perninhas

Na verdade os cravos são poros entupidos de gordura (sebo). A nossa pele é recoberta por uma proteína que protege contra o ressecamento, chamada queratina.

Ás vezes a queratina produzida atrapalha a saída dos poros, o que pode ser agravado como uso de produtos de beleza muito gordurosos.

A pontinha preta do cravo é resultado da reação de oxidação de uma quantidade grande da proteína com o oxigênio do ar.

Mesmo com o poro fechado a glândula sebácea continua produzindo gordura, ela então vai se acumulando no poro formando o cravo.

Mas essa história do aracnídeo não é um mito.

Ela tem um fundo de verdade! O que acontece é que algumas bactérias, como a Propionobacterium acne, e o ácaro Demodex folliculorum.

Eles se aproveitam do entupimento dos poros para fazer dali um ambiente ideal para procriar.
Esse ácaro, como todo aracnídeo, tem 8 perninhas sim, mas é muitíssimo pequeno.

A presença desse bichinho é mais comum no folículo piloso, onde ele pode viver de 14 a 18 dias e colocar até 25 ovos em um único folículo.

Para nosso desespero o local mais comum para o Demodex viver é na superfície do canal do ouvido, onde podem viver populações desses pequenos seres.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *