Mulher salva motorista de caminhão em tragédia que tirou a vida a Boechat: “Coragem, Leiliane”

Enquanto muitos filmavam o acidente, a vendedora Leiliane tentava salvar as vítimas.A Leiliane Rafael Silva passava de moto na rodovia Anhanguera, na altura do km 7, local onde o jornalista Ricardo Boechat e o piloto do helicóptero, Ronaldo Quatrucci, morreram nesta segunda-feira, na Grande São Paulo.

Enquanto muitos buscavam imagens do acidente – o helicóptero se chocou com um caminhão, durante um pouso de emergência; Boechat voltava de uma palestra em Campinas –, Leiliane tentava salvar as vítimas. As informações são de O Globo.

Não deixaram Leiliane se aproximar do helicóptero, pois havia risco de explosão. Porém, sem desistir, a mulher salvou o motorista do caminhão, João Adroaldo Tomanckeves, que estava preso na cabine, cortando com uma faca o cinto de segurança.

Leiliane é vendedora e contou em depoimento que viu um homem pular da aeronave antes da colisão com o caminhão. Tudo a levar a crer, com base em informações do Instituto Médico Legal (IML), que a pessoa era Boechat.

“Não pensei em nada. Falei para parar a moto e voltei correndo. Fui checar no caminhão para ver se tinha alguém vivo. O moço estava vivo, felizmente”, relatou Leiliane.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *