Menino de somente 6 anos é barrado na entrada da escola e o causa vai te indignar; confira

Um menino de colégio primária foi suspenso de iniciar na escola por motivo de seu penteado “natural” – uma alteração que seu pai está chamando de racialmente “tendencioso“.

O pai de Clinton Jr, Clinton Stanley Sr, mostrou através de um vídeo a triste menino de seis anos de idade, com dreadlocks curtos, de pé do lado de fora da entrada da “Christian Academy”, localizada em Apopka, na Flórida, EUA.

Dois administradores podem ser vistos lá adentro, e quando o Stanley pergunta se eles permitirão que seu filho freqüente a escola, um deles diz que não.

O Manual do Pai/Aluno da Academia Cristã afirma: “Todos os cabelos dos meninos devem apresentar um corte cônico, fora do colarinho e das orelhas.

Não deve haver dreadlocks, moicanos, desenhos, cores não naturais ou desenhos antinaturais”.

De conformidade com relatórios do “The Miami Herald e WESH2 News”, funcionários da escola, incluindo o diretor John Book, disseram que a decisão de não autorizar que o filho de Stanley assistisse às aulas era puramente com base nessas regras, e não relacionadas a raça.

Após o acontecido, o filho de Stanley passou a frequentar outra escola, relatou o “The Miami Herald”. O incidente chamou a atenção do ativista Shaun King e inspirou uma petição da Change.org.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *