Lavagem reversa: é possível usar o condicionador antes do shampoo?

Veja quando a técnica é indicada e conheça o passo a passo! A cada dia surgem novidades e modismo no universo dos tratamentos para os cabelos. Porém, para tudo é preciso estar bem informado e atento para saber o que realmente traz benefícios e o que pode ser prejudicial. Dentre tantas, mais uma invade a estética dos fios: a lavagem reversa.

Mas, afinal, do que se trata esta técnica? Na verdade o método não é propriamente novo e já vem sendo incorporado há um certo tempo. Também chamada de pré-poo, processo usado quando o condicionador é aplicado antes do shampoo na hora da higienização, a lavagem reversa, portanto, nada mais é do que alterar esse passo a passo da limpeza dos cabelos. Ou seja, modificar a ordem convencional no modo de se lavar os fios.

Logo, nesta lavagem se aplica primeiro o condicionador e depois o shampoo, tendo como proposta combater o aspecto pesado e oleoso causado pelos efeitos de condicionadores com fórmulas muito concentradas, sobretudo, nos cabelos finos.

Aliás, a técnica é justamente indicada para aqueles que têm e desejam encorpar a textura de fios finíssimos, reduzir a oleosidade e, assim, ganhar cabelos mais volumosos. No entanto, o recomendado para quem adota o pré-poo e quer alcançar tais propósitos é usar shampoos e condicionadores específicos para este fim, isto é, cosméticos que não possuam em sua composição uma ação alta de hidratação, isto é, contenham menos óleo e elementos hidratantes.

É válido ressaltar que essa inversão na lavagem tradicional acarreta algumas consequências! Isto porque a função do shampoo é primeiramente higienizar os cabelos e o couro cabeludo e o condicionador fechar as cutículas e escamas dos fios e, também manter os nutrientes e, deste modo, evitar um aspecto ressecado.

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *