Já ouviu falar em mini-AVC? Fique atento aos sinais desse problema

Esse tipo de complicação pode passar despercebida, atenção aos sinais.

AVC é a sigla para Acidente Vascular Cerebral, e é uma das complicações de saúde que mais matam no mundo. Quando o paciente não morre, pode ficar com sequelas graves e, até incapacitado.

Nem sempre é possível compreender um AVC e chamar o socorro em tempo. Há situações, contudo, que servem de alerta e merecem atenção.

Essas condições são denominadas como ataque isquêmico transitório, alerta de derrame ou mesmo mini-AVC.

O que é AVC?

São complicações nos vasos sanguíneos pertencentes ao SNC (Sistema Nervoso Central). Essas complicações ocorrem em consequência de um déficit neurológico.

O que é mini-AVC?

É um AVC com a duração de minutos. Acontece quando a circulação sanguínea para o cérebro é interrompida em todo o órgão ou em parte dele.

No mini-AVC, a interrupção pode desaparecer rapidamente, por até 1 hora.

Quais os sintomas?

Fraqueza no braço;

Tontura;

Perda de equilíbrio;

Confusão mental;

Paralisia e formigamento em um lado do rosto;

Fraqueza e formigamento no braço e perna de um lado do corpo;

Dificuldade para falar com clareza;

Visão embaçada ou dupla;

Tonturas e perda de equilíbrio.

O que fazer?

Como identificar e tratar um mini-AVC
O mini-AVC, também conhecido como ataque isquêmico transitório ou AVC transitório, é uma alteração, semelhante ao AVC, que provoca uma interrupção na passagem do sangue para uma área do cérebro, geralmente devido à formação de um coágulo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *