Guilherme de Sá deixa o posto de vocalista da Rosa de Saron, após 18 anos, e banda segue com outro cantor

Um dos principais nomes do rock de ideologia cristã, a banda paulista Rosa de Saron sai deste ano de 2018 sem Guilherme de Sá, cantor que assumiu em 2001 o posto de vocalista desse grupo criado em Campinas (SP) em 1988 dentro do movimento da Renovação Carismática da Igreja Católica.

O anúncio da saída do vocalista da banda foi feito hoje, 13 de novembro, em vídeo e textos postados em redes sociais do grupo e do cantor. Oficialmente, Guilherme de Sá deixa a Rosa de Saron para se dedicar à família e à carreira solo.

Em março do ano passado, o cantor lançou o primeiro álbum solo, Íngreme (2017), afirmando na época que permaneceria na banda. Mas o fato é que a Rosa de Saron perde hoje o vocalista que mais deu projeção à banda.

Contudo, a saída de Guilherme de Sá não implica o fim do grupo. De acordo com o guitarrista Eduardo Faro, a Rosa de Saron continuará em cena em 2019. O nome do novo vocalista da banda ainda não foi revelado.

E cabe lembrar que não é a primeira vez que a banda perde um vocalista. Cantor original da Rosa de Saron, Tchelão Machado ficou no grupo de 1988 a 2000, sendo substituído justamente por Guilherme de Sá.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *