Esse menino não pensou duas vezes antes de ajudar um catador de latinhas e é uma esperança de que o mundo pode ser melhor no futuro

Criança não tem um jeito diferente de olhar. Com certeza você já ouviu essa frase ou até mesmo já a disse para alguém.

Basicamente, ela resume uma verdade quase incontestável: a de que as crianças nascem puras, inocentes e não são capazes de ver maldade em nada.

Claro, você pode até ter discordado disso até agora. Mas depois de ver o vídeo que temos a mostrar, com certeza vai pensar diferente.

Pense bem, quantas vezes você notou algum catador de latinhas por perto? Sem dúvida alguma, muitas. E quantas já pensou em oferecer ajuda? Pois é.

Não precisa se sentir mal. Esse não é um problema só seu. Quem trabalha catando lixo para reciclagem vive uma realidade dura – a da invisibilidade.

Responsáveis por quase metade da coleta seletiva no Brasil, segundo o Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (USP), catadores de recicláveis têm um papel significativo para o país inteiro. Ainda que na sombra da sociedade.

Não é que olhamos de outra forma, é só que a maioria já se acostumou tanto com isso que talvez não passe por nossa cabeça oferecer ajuda ou mesmo conversar com estas pessoas.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *