Especialistas apelam: Na próxima vez que for assar ou cozinhar frango, não faça isso

Muitas pessoas se acostumaram a lavar o frango para eliminar os germes e bactérias.

Algumas lavam o frango apenas com água.

Outras preferem a lavá-lo com limão.

E há aquelas que usam água salgada. Cada um tem sua forma de lavar o frango.

O fato é que quem lava o frango antes de cozinhar está cometendo um grande erro.

Em um pedaço de frango, podem viver cerca de 1.000 espécies de bactérias.

A grande maioria deles são inofensivas aos seres humanos.

No entanto, uma delas, a campilobacter, pode causar grave infecção no corpo. De acordo com a Food Standards Agency (FSA) a agência alimentar britânica, lavar o frango cru com água antes de cozinhar aumenta o risco de contaminação por essa bactéria.

Conhecida como bactéria retorcida, a campilobacter é a forma mais comum de intoxicação alimentar na Grã-Bretanha, e a maior parte dos casos é proveniente de aves contaminadas.

E como ocorre essa contaminação?

O processo de lavagem espalha bactérias campilobacter nas mãos, roupas e em utensílios e superfícies de cozinha, devido ao espirro de gotas de água.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *