É possível morrer de um coração partido?

O sofrimento emocional causado por situações traumáticas e muito intensas pode ser nocivo para a saúde. De fato, os riscos de padecer enfermidades letais são consideravelmente mais altos em momentos de angústia extrema.

Quem nunca teve que passar pelo momento horrível de sentir que seu coração está partido por ter perdido alguém que você ama? Se você conhece essa sensação, então, sabe como dói. No entanto, sabia que é possível morrer de coração partido?

Ao ouvir essa afirmação pela primeira vez, a verdade é que pensamos mais em uma tragédia grega do que algo que pode ocorrer na vida real. No entanto, a ciência, sempre inovadora, parece ter descoberto que isso é possível.

Embora a síndrome do coração partido já fosse algo conhecido, agora há novos dados que reforçam ainda mais os efeitos devastadores da perda, sejam físicos (através da morte) ou emocionais (a causa de uma ruptura, por exemplo). Esse transtorno afeta sobretudo as mulheres, embora a “preferência” por esse gênero ainda não tenha sido provada.

Para quem está infeliz no amor e deseja saber se sua vida está em risco, as informações apresentadas aqui podem ser muito úteis. Obviamente, também será interessante para aqueles que enfrentam a dolorosa situação de se despedir de alguém que amam.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *