É isto que acontece com sua saúde mental quando você volta com o ex

Mesmo quando um casal apaixonado termina seu relacionamento de forma amigável, o término nunca é uma situação agradável.

Cedo ou tarde a saudade e nostalgia costumam bater em pelo menos um dos integrantes do casal, e aquela velha frase “e se a gente tentasse de novo?” pode surgir.

O problema é que esse costuma ser o primeiro passo para entrar em um daqueles infames relacionamentos cheios de idas e voltas, com términos a cada poucos dias ou semanas.

Mas quem aquenta viver com tantos términos em tão pouco tempo? Um estudo analisou as consequências desse tipo de relacionamento para a saúde mental, e a conclusão não é nada boa.

Depressão e ansiedade

Pesquisadores acompanharam 545 pessoas de todos os tipos, tanto homossexuais quanto heterossexuais, e encontraram uma associação entre relacionamentos que ficam indo e voltando e sentimentos de depressão e ansiedade.

A co-autora Kale Monk, explica que isso acontece porque essas pessoas ficam revivendo as emoções negativas do término com frequência, enquanto as que terminam uma vez e nunca mais olham para trás passam pelo período de luto apenas uma vez e conseguem superar este momento ruim.

“Padrões de término e retorno estão ligados ao aumento dos sintomas de estresse psicológico, indicando que o acúmulo de transições de relacionamento pode criar um excesso de turbilhão para indivíduos”, aponta o estudo, publicado na revista Family Relations.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *