Depois de 23 dias em coma, essa mulher acorda após ter o primeiro contato com o filho

Vocês já devem ter escutado por aí o quão importante é o primeiro contato físico de uma mãe com seu bebê após o nascimento, né!? Os benefícios são vários para ambos.

Além de fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e filho, os especialistas afirmam que o primeiro contato também fortalece a saúde dos dois.

Uma prova de que esse tal primeiro contato (físico) é importante foi o caso de uma mulher no Ceará. Amanda Cristina Alves da Silva, de 28 anos, estava em coma há 23 dias.

Ela acordou depois de ter o primeiro contato com seu filho. A gente conta a história da Amanda e já vamos avisando, pegue seu lenço porque essa história vai fazer você se emocionar.

O coma induzido de Amanda


Amanda vive com crises de convulsão desde que tinha 7 anos de idade. Infelizmente, uma dessas crises aconteceu enquanto ela estava grávida, exatamente na 37º semana da gestação.

Pelo fato de estar muito perto do parto, os médicos resolveram deixá-la sedada e fazer uma cesária.

 

Seu filho, Victor Hugo, nasceu completamente saudável, mas por precaução teve de ser enviado para UTI neonatal.

Amanda também foi mandada para a UTI materna. Victor Hugo saiu da UTI neonatal seis dias depois, mas Amanda não teve reação quando os médicos resolveram tirar ela do coma induzido.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *