Depois de 23 dias em coma, essa mulher acorda após ter o primeiro contato com o filho

Vocês já devem ter escutado por aí o quão importante é o primeiro contato físico de uma mãe com seu bebê após o nascimento, né!? Os benefícios são vários para ambos.

Além de fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e filho, os especialistas afirmam que o primeiro contato também fortalece a saúde dos dois.

Uma prova de que esse tal primeiro contato (físico) é importante foi o caso de uma mulher no Ceará. Amanda Cristina Alves da Silva, de 28 anos, estava em coma há 23 dias.

Ela acordou depois de ter o primeiro contato com seu filho. A gente conta a história da Amanda e já vamos avisando, pegue seu lenço porque essa história vai fazer você se emocionar.

O coma induzido de Amanda


Amanda vive com crises de convulsão desde que tinha 7 anos de idade. Infelizmente, uma dessas crises aconteceu enquanto ela estava grávida, exatamente na 37º semana da gestação.

Pelo fato de estar muito perto do parto, os médicos resolveram deixá-la sedada e fazer uma cesária.

 

Seu filho, Victor Hugo, nasceu completamente saudável, mas por precaução teve de ser enviado para UTI neonatal.

Amanda também foi mandada para a UTI materna. Victor Hugo saiu da UTI neonatal seis dias depois, mas Amanda não teve reação quando os médicos resolveram tirar ela do coma induzido.

O despertar de Amanda


Quando ainda estava em coma, no dia 9 de março, os médicos se reuniram para decidir o que seria feito. Victor Hugo saiu da UTI neonatal seis dias depois, mas Amanda não teve reação quando os médicos resolveram tirar ela do coma induzido.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *