Conheça o menino que com 7 anos tem seu próprio banco

José Adolfo Quisocala Condori, um menino peruano de 7 anos de idade, é dono de um banco e já planeja expandir seu empreendimento por todo o país. Quando José surgiu com a ideia que parecia uma grande loucura, muitas pessoas riram do menino, incluindo seus professores e colegas de classe.

Ele chegou a propor a seus professores para criar um banco estudantil, em sua cidade Arequipa. Entretanto, José foi chamado de “louco”, pois um menino não teria condições de empreender tal projeto. O menino disse a jornal local que até mesmo chegou a ser intimidado por outros alunos.

O banco de José

O pequeno José preferiu acreditar em seu potencial e na força de seu projeto e foi à luta. Atualmente, o Bartselana Student Bank possui cerca de dois mil clientes. O banco estudantil começou suas atividades com apenas 20 crianças cadastradas. José deverá se encontrar com executivos de um grande banco peruano para expandir suas atividades para todo país.

A ideia de criar um banco surgiu quando Condori percebeu que seu colegas de classe estavam usando o dinheiro que seus pais lhe davam de forma irracional. Eles ‘torravam’ tudo em doces e brinquedos. Assim, o jovem decidiu que ajudaria seus colegas a economizarem os poucos trocados que ganhavam.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *