Como ser um bom pai

Qualidades como o amor, o respeito e a constância são chaves importantes para cultivar uma boa relação com os filhos e ser o guia que eles precisam para desfrutar da vida plenamente.

Ninguém sabe como ser um bom pai. De fato, o direcionamento que cada homem dá à paternidade depende de múltiplos fatores. Por exemplo, se é planejada ou não, o inclusive se o pequeno é descendente sanguíneo ou adotado.

Porém, mais além dessas condições, a paternidade desempenha um papel muito importante na criação dos filhos e seu bom desenvolvimento. Por esta razão, neste artigo compartilharemos alguns conselhos para ser um pai melhor.

A paternidade

A definição de paternidade é muito simples: ser pai. Esta condição é um dos eixos importantes dentro da identidade masculina. Dependendo da cultura e dos papéis de gênero dentro de cada uma delas, o pai se vincula ao seu bebê.

Além disso, também cumpre com certas funções para satisfazer as necessidades de seu filho. É preciso definir que as mães são necessárias para os filhos, mas os pais também são chave fundamental na família.

De acordo com um artigo da revista Psicologia Científica, a paternidade envolve múltiplas relações e áreas de criação que ajudarão a criança a se desenvolver de forma integral. Dentre estas relações figuram as seguintes:

Amor, cuidado e educação
Condução e direção
Brincadeiras e diversão
Autoridade
Aprendizagem recíproca
Formação de identidades
Habilidades e competências sociais
Valores e crenças
O que fazer para ser um bom pai?
Definitivamente há milhares de formas nas quais pode estabelecer e nutrir a relação com seu filho desde pequeno e compartilhar sua criação com seu parceiro.

Neste artigo compartilhamos alguns conselhos e ideias que pode aplicar em sua vida para que possa trabalhar e ser um bom pai.

1. Expressar carinho

Os filhos procuram o amor e carinho de seus pais. Isso é muito importante pois há casos de jovens e adultos com problemas em sua vida. Uma das razões é que seus pais escondiam seus sentimentos ou não lhes demonstravam afeto desde pequenos.

Eles precisam ser ouvidos, sentidos e amados. Para seus filhos será como uma torre que lhes protegerá diante das dificuldades da vida. Pergunte-se: como se aproximarão de você se não veem que tem carinho por eles?

Na realidade é bom demonstrar o amor aos seus pequenos passando tempo com eles e realizando algumas atividades. Porém, nada se compara a ouvir que os quer e os ama com sua própria voz. Por que você não tenta?

2. Tempo em quantidade e de qualidade

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *