Como combater o herpes labial com 5 tratamentos naturais

O herpes labial é a forma de herpes mais comum. Caracteriza-se pelo aparecimento de pequenas bolhas na superfície dos lábios, que são altamente contagiosas.

A infecção é produzida pelo vírus do herpes simples tipo I (VHS-I), um dos vírus mais comuns no mundo.

A doença pode ser acompanhada de febre e alergias, mas os sintomas desaparecem em questão de dias, sem produzir complicações graves.

Os incômodos que produz podem variar em cada pessoa em função dos mecanismos de defesa que ativa seu sistema imunológico.

No entanto, elas podem ser controladas com alguns tratamentos de uso tópico que aceleram a cura do tecido afetado.

Como se dá o contágio do herpes labial?
O herpes labial se produz pela infecção do vírus herpes simples. Esse microrganismo só causa a doença em seres humanos.

A transmissão é através da saliva, pele e lábios.
Se há lesões visíveis, a quantidade de vírus se multiplica de forma considerável e há maiores probabilidades de contágio.

O vírus também pode ser transmitido indiretamente, por exemplo, com o compartilhamento de elementos de uso pessoal como batons, toalhas e sabonetes.
A maioria das pessoas é infectada durante a infância e, dado que o vírus permanece no corpo, os sintomas podem aparecer em outras fases da vida.
Sintomas do herpes labial

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *