Como as bactérias do intestino influenciam nossa mente e têm relação com a ansiedade e depressão

Todo mundo quer um cérebro jovem e saudável, não é verdade?

Mas nem sempre fazemos o que é preciso para garantir o bem-estar da nossa mente.

Acontece que precisamos ser cuidadosos com a alimentação, os exercícios físicos e a qualidade do nosso sono. Para isso, é preciso disciplina e persistência.

Agora, quem imaginaria que cuidar da saúde intestinal favorece nosso comportamento e saúde mental?

Vamos explicar melhor: dentro do nosso sistema digestivo está o intestino, ou o “segundo cérebro”, que contém bactérias que influenciam a nossa estrutura cerebral.

Sendo assim, um desequilíbrio dessas bactérias no intestino pode afetar o humor e até causar doenças no cérebro.

O Your Microbes and Mental Health, um site que enfatiza a inovação digital na aprendizagem científica, mostra como o cérebro e o sistema digestivo estão intrinsecamente ligados.

O intestino é capaz de se comunicar com o cérebro através do nervo vago – um nervo craniano que se estende do tronco cerebral até o abdome através do coração, esôfago e pulmão – conhecido como eixo intestino-cérebro.

Para você ter ideia, 90% das fibras no vago transportam informações do intestino para o cérebro.

Esta comunicação acontece através de moléculas que são produzidas pelas bactérias do intestino e entram na corrente sanguínea.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *