Cantora Anitta foi diagnosticada com doença complicada, e é mais grave do que parece

“Vai Anitta”, série documental que a cantora estrela na Netflix a partir desta sexta-feira (16), quer mostrar um pouco mais a mulher por trás da figura pública que tem se lançado nas paradas internacionais.

E ela traz à tona dois assuntos que Anitta tratou com muita discrição no último ano: a luta contra a depressão e seu relacionamento com Thiago Magalhães, de quem se separou em setembro.

Em conversa com jornalistas nesta segunda-feira, em São Paulo, Anitta revelou que teve de paralisar as filmagens da série por conta de sua depressão.

“A gente teve um gap de quando a gente gravou “Check Mate”. Acontece que nesse meio eu tive uma crise depressão muito grande, então a gente tem um vácuo.

Era um momento que eu não conseguia gravar, não conseguia ter câmera perto, então a série levou um pouco mais de tempo por conta disso.

Fiquei três, quatro meses sem conseguir assimilar.

E minha equipe sabe como sou, se eles tocassem sem que eu estivesse em condições de acompanhar, eu não ia ficar feliz.

Então todo mundo parou e ficou me esperando voltar ao normal para dar continuidade.

Apesar da pausa, a depressão será tratada nos seis episódios de meia hora da série.

“A gente aborda de uma forma um pouquinho superficial, porque na época eu não conseguia filmar.

Não é tão aprofundado, mas dou um depoimento explicando um pouquinho do motivo, desde a primeira vez até essa recaída”.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *