As primeiras gêmeas do planeta com diferentes cores da pele já são adultas – Veja como parecem hoje

A emoção que uma mulher sente ao receber a notícia de que ela será mãe e que desejava há muito tempo.

É algo indescritível, ela reage de mil maneiras e sente muita sorte por um presente tão bonito que a vida deu.

Em seu caso, Donna Aylmer pulou, chorou e gritou de alegria quando o médico lhe disse que não era só um, e sim dois bebês que estavam há caminho.

E quando o grande dia finalmente chegou, ela nunca imaginou o que ela olharia, mas era algo que a deixou sem palavras.

Suas gêmeas eram completamente diferentes, a primeira chama-se Lucy, pele branca, olhos azuis e cabelo ruivo.

Enquanto Mary, sua outra gêmea, era pele escura, olhos castanhos e cabelo cacheado.

Todos se perguntavam como podiam ser gêmeas?

A família não acreditava no que estavam vendo, pois as gêmeas eram muito bonitas, mas eram muito diferentes.

Elas não pareciam absolutamente nada. Inclusive Donna, sua mãe, ficou chocada, no entanto, havia uma explicação para isso.

Donna é meio britânica e jamaicana e o pai também é britânico.

As pequenas são gêmeas, o que significa que dois óvulos diferentes foram fertilizados por diferentes espermatozoides.

Falando geneticamente, Donna tem genes com características claras e escuras, e é por isso que uma das gêmeas tem pele clara e a outra escura.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *