“Antes de um Derrame, o Corpo vai Avisar com um destes 6 Sinais. É importante que você os conheça!”

De acordo com a Organização Nacional de Derrames dos EUA, a cada ano, cerca de 800.000 pessoas terão um derrame, ou Acidente Vascular Cerebral (AVC). A cada 4 minutos, uma pessoa morre de derrame, mas 80% deles podem ser prevenidos.

O AVC é a quinta causa principal de morte e a principal causa de deficiência entre adultos nos Estados Unidos.

Há 3 tipos diferentes de derrames, com sintomas parecidos, porém tratamentos diferentes. Durante um derrame, o fornecimento de sangue a uma parte do cérebro é interrompido, e as células não conseguem receber oxigênio.

Sem a restauração imediata do fluxo sanguíneo, as células cerebrais recebem danos permanentes, o que resulta em sequelas físicas ou mentais significativas.
Reconhecer os sintomas e os fatores de risco é essencial para receber intervenção médica imediata quando um derrame ocorre.

Percebendo os sinais

1. Procure por músculos faciais ou membros enfraquecidos
Você poderá perceber que a pessoa é incapaz de segurar objetos ou que está perdendo o equilíbrio quando está em pé. Procure por sinais de que apenas um lado do seu rosto ou do seu corpo ficou mais fraco. Um lado da sua boca pode pender ao sorrir, ou ela pode não conseguir manter os dois braços erguidos sobre a cabeça.

2. Veja se há confusão ou dificuldades para falar ou entender a fala
Quando certas áreas do cérebro são afetadas, o indivíduo pode ter problemas para falar ou entender o que está sendo dito a ele. Ele pode parecer confuso com o que você diz, responder de uma forma que indique que ele não entendeu o que foi dito ou falar com sons enrolados que não lembram a fala, e tudo isso pode ser bastante assustador. Faça o melhor para acalmá-lo depois de ligar para a emergência. Às vezes, a pessoa não será capaz de dizer nada.

Clique na seta amarela abaixo para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *