5 remédios caseiros para aliviar a dor na mandíbula

Além de recorrer a remédios e soluções locais, para acalmar a dor mandibular é importante aprender a controlar o estresse e evitar alguns hábitos nocivos, como mascar chiclete.

A dor na mandíbula é mais comum do que parece. Normalmente se manifesta repentinamente e causa uma sensação de desconforto.

No entanto, com o passar do tempo, torna-se uma dor aguda e intensa.

Em geral, a dor na mandíbula surge quando as articulações da mandíbula sofrem alguma alteração.

As razões podem ser porque os dentes estão desalinhados, por causa de bruxismo (comumente conhecido como ranger de dentes), lesões no pescoço ou um traumatismo.

Sem dúvida, seus sintomas variam, dependendo da causa, por isso recomenda-se tratar essa condição, pois a dor pode se espalhar para a face.

No entanto, você não deve se preocupar, pois é possível acalmar a dor na mandíbula com alguns remédios caseiros.

1. Compressas com gelo

Os blocos de gelo aliviam a dor e desinflamam os nervos, por isso são muito eficazes para aliviar a dor na mandíbula.

Nunca aplique gelo diretamente sobre a pele, pois isso pode machucá-la.

Em primeiro lugar, coloque o gelo em um saco plástico.

Posteriormente, enrole o saco com um pano.

Imediatamente, aplique a compressa na área, por dez minutos.

Finalmente, aguarde dez minutos antes de substituí-la.

2. Calor úmido

O calor úmido é o calor que a água quente causa.

Que relaxa os músculos hiperativos. Além disso, melhora a circulação do sangue na área afetada, o que ajuda a reduzir a dor, e melhorar o processo de cicatrização.

Você deve verificar com as mãos a temperatura muito bem, antes de aplicá-la.

Em primeiro lugar, molhe um pano com água morna.

Posteriormente, esprema-o, assim você pode eliminar o excesso de água.
Imediatamente, aplique por dez minutos.

Repita o processo a cada duas horas, até que a dor da mandíbula desapareça.

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *