20 sinais de que vermes e parasitas estão residindo no seu corpo – estes remédios caseiros vão ajudar você a destruí-los!

Os vermes e parasitas podem ser realmente perigosos à nossa saúde.

Para combatê-los, podemos contar com alternativas naturais à base de ervas.

No entanto, antes de mais nada, é importante fortalecer o sistema imunológico e só depois começar o tratamento.

Se você ainda não sabe se está com alguma infecção causada pela presença de parasitas, conheça os principais sintomas:

Candidíase

– Perda de apetite

– Dores na cabeça

– Fome constante

– Fadiga crônica

– Distúrbios do humor: depressão, ansiedade, inquietação, pensamentos suicidas, irritabilidade

– Sangramento nas gengivas

– Forte desejo por alimentos açucarados

– Alergias e sensibilidades alimentares

– Anemia

– Doenças na pele, como lesões, acne, urticária, úlceras, erupções cutâneas, eczema, dermatite, coceira e feridas

– Nervosismo

– Problemas respiratórios

– Ranger os dentes e babar durante o sono

– Problemas de memória

– Problemas no ciclo menstrual

– Rigidez nas articulações

– Comichão, especialmente em torno da boca, nariz e ânus

– Problemas digestivos persistentes

Caso seu médico tenha confirmado a infecção por parasitas, você pode começar a se cuidar com a ajuda de alguns ingredientes naturais:

1. Alho fresco

O alho é um dos antibióticos naturais mais potentes, pois destrói mais de 60 tipos de fungos e 20 tipos de bactérias, além de alguns vírus mais resistentes.

E não é só isso!

O alho também destrói parasitas e controla efetivamente infecções fúngicas secundárias.

Para quem não sabe, ele tem propriedades antioxidantes e desintoxicantes e evita a oxidação causada por toxinas parasitárias.

Seus componentes ativos, alicina e ajoene, destroem parasitas e até amebas.

Mas não deixe de esmagar bem o alho antes de consumi-lo para que a reação seja eficiente.

2. Cravo-da-índia

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *