15 sinais de que o mofo encontra-se em sua casa e está destruindo seu corpo.

O mofo é um grande inimigo da saúde, por isso, precisa ser eliminado de vez.

O mofo é silencioso. Nós não somos capazes de vê-lo ou sentir seu cheiro. Entretanto, ele pode estar presente em nossas residências e ser a explicação para nos sentirmos doentes.

Embora a medicina convencional não ligue a exposição ao mofo como o principal motivo de uma pessoa se sentir doente, pois é muito difícil diagnosticar uma possível toxicidade causada pelo fungo.

Já que o problema pode ser facilmente confundido com outras condições, é preciso sempre ficar atento ao problema e procurar eliminá-lo.

O fato é que o mofo é sim um grande inimigo da Saúde, principalmente para crianças, grávidas e idosos, que são os mais sensíveis a ele.

Os esporos que são produzidos pelo mofo podem agravar principalmente as doenças respiratórias, como renite e asma, além de causar infecções graves.

O mofo surge em condições como umidade e calor e são fungos que crescem em filamentos. Eles se reproduzem com facilidade e voam, sendo invisíveis ao olho humano.

Conheça os 15 indícios sobre a “doença do mofo”
A “doença do mofo” faz parte da “síndrome do edifício doente” (SED).

Ela consiste em uma resposta inflamatória que é adquirida, quando o ser humano fica exposto ao fungo. Seus principais sintomas são:

1. Confusão mental, falta de memória e foco;

2. Fraqueza, fadiga e possível mal-estar depois de realizar exercícios;

3. Dor nas articulações e no corpo, além de cãibras;

4. Formigamento e dormência;

5. Cefaleia;

6. Visão turva e olhos avermelhados, além de sensibilidade à luz;

7.
Problemas respiratórios;

Clique na seta amarela abaixo, após a publicidade, para continuar lendo.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *